História do KDE

Jump to: navigation, search
This page is a translated version of a page History of KDE and the translation is 76% complete.

Other languages:Catalan 100% • ‎Danish 100% • ‎German 29% • ‎English 100% • ‎Spanish 76% • ‎French 76% • ‎Hungarian 5% • ‎Italian 82% • ‎Brazilian Portuguese 76% • ‎Ukrainian 100% • ‎Chinese (China) 76%

O Qt, o kit de ferramentas de interface usado para criar os aplicativos do KDE originalmente não estava sob uma licença completamente livre uma vez que a Trolltech possuía também um braço comercial. A principal consequência disto era que os programas proprietários criados para o KDE exigiam uma licença da Trolltech, os criadores do Qt, e qualquer atualização do Qt deveria vir pela Trolltech. Como o KDE é um projeto de código aberto, a escolha do Qt criou grande controvérsia entre os puristas do código aberto. O Qt foi então re-licenciado sob a GPL e estes argumentos se tornaram obsoletos, mas ainda assim constituem uma parte importante da história do KDE.

Contents

Por que os desenvolvedores do KDE escolheram o Qt?

  • O Qt é o melhor kit de ferramentas de interface disponível para a plataforma UNIX. O sucesso de um ambiente de trabalho depende de maneira crítica da disponibilidade de aplicativos. Usar o Qt incrementaria o desenvolvimento de aplicativos e, com isso, do KDE.
  • O Qt está disponível gratuitamente para qualquer um, incluindo seu código, para desenvolvimento e distribuição de programas livres.
  • Nós encorajamos ativamente as companhias e software comercial a desenvolver aplicativos para o KDE. Estas companhias precisam de um kit de ferramentas maduro e de alta qualidade, bem como de suporte técnico. Nenhum dos kits de ferramentas GPL seriam capazes de atender estes rígidos requisitos.
  • Criar uma versão LGPL do kit de ferramentas Qt que atingisse a qualidade de implementação da Trolltech levaria tempo e foi considerado como menos prioritário do que criar um ambiente de trabalho aberto, livre e usável.

A Fundação Qt livre para o KDE

Para resolver este problema, a Fundação Qt livre para o KDE foi fundada pelo projeto KDE e pela Trolltech. Esta fundação garantiu a continuidade da disponibilidade do Qt como uma infraestrutura de desenvolvimento de software livre. Isto é, a Trolltech não mais disponibilizaria o Qt somente para software livre, a versão atual seria re-lançada sob uma licença no estilo BSD - uma licença similar na natureza, mas menos restritiva do que a GPL ou LGPL.

Esta decisão de re-lançamento foi negociada por uma equipe de 2 membros representando a fundação KDE (filiada à Trolltech) e dois membros da Trolltech, todos com direito à voto. Em caso de empate, o voto do KDE teria um peso maior.

O Projeto Harmonia

Aqueles que priorizaram o lançamento sob uma licença GPL formaram o projeto Harmonia - um projeto para clonar o Qt sob uma licença GPL. Um rápido progresso foi conseguido neste tempo fazendo com que os puristas não tivessem nenhuma desculpa para rejeitar o KDE como um ambiente de trabalho respeitável e compatível com esta licença. No entanto, este projeto se tornou obsoleto quando a Trolltech tomou a decisão de re-licenciar o Qt sob a GPL.

Datas significativas na história do KDE

12 de julho de 1998 - Anúncio do KDE 1.0 "Um Ambiente de Trabalho Integrado para sistemas operacionais Unix. Nós estamos felizes em anunciar a disponibilidade da versão 1.0 do Ambiente de Trabalho K"

23 de outubro de 2000 - KDE 2.0 lançado "A Equipe do KDE anuncia hoje o lançamento do KDE 2.0, o ambiente de trabalho mais poderoso, modular e com suporte à Internet do KDE. Este tão aguardado lançamento se constitui na próxima geração da vencedora série do KDE 1, que culminou com o lançamento do KDE 1.1.2 cerca de um ano atrás. O KDE 2.0 é o trabalho de centenas de desenvolvedores dedicados oriundos de mais de 30 países."

17 de dezembro de 2001 - KOffice 1.1.1 lançado "Atualmente, o KOffice possui funcionalidades adequadas para usuários domésticos e pequenos escritórios, que geralmente escrevem cartas, faxes, memorandos e documentos similares. O KOffice 1.1.1 é uma pequena atualização para o KOffice 1.1."

3 de abril de 2002 - KDE 3.0 lançado "O KDE 3.0 é um passo importante para o projeto KDE. Centenas de palavras poderiam ser escritas aqui, mas para não aborrecê-lo com os detalhes, vamos apenas dizer: Confira!"

11 de maio de 2007 - KDE 4.0 Alpha 1 lançado "O projeto KDE lança sua primeira versão Alpha do melhor Ambiente de Trabalho Livre."

16 de outubro de 2007 - KDE 3.5.8 lançado "O projeto KDE lança sua oitava atualização de tradução e de aplicativos para o melhor Ambiente de Trabalho Livre."

11 de janeiro de 2008 - KDE 4.0 lançado "A Comunidade KDE lança a quarta versão do melhor Ambiente de Trabalho Livre."

19 de fevereiro de 2008 - KDE 3.5.9 lançado "A Comunidade KDE lança a nona atualização da terceira versão do melhor Ambiente de Trabalho Livre."

29 de julho de 2008 - KDE 4.1 lançado "A Comunidade KDE lança uma atualização importante para o melhor Ambiente de Trabalho Livre."

26 de agosto de 2008 - KDE 3.5.10 lançado "A Comunidade KDE lança a décima atualização para a terceira versão do melhor Ambiente de Trabalho Livre."

12 de outubro de 2008 - Fórum do KDE lançado "O KDE lança seu quadro de avisos baseado na Web."

27 de janeiro de 2009 - KDE 4.2.0 lançado "A Comunidade KDE lança a segunda atualização do melhor Ambiente de Trabalho Livre."

4 de agosto de 2009 - KDE 4.3.0 lançado "A Comunidade KDE lança a terceira atualização do ambiente, aplicativos e plataforma do KDE 4."

9 de fevereiro de 2010 - KDE SC 4.4.0 lançado "O KDE anuncia a disponibilidade imediata da Compilação de Aplicativos do KDE 4.4, "Caikaku", trazendo uma coleção inovadora de aplicativos para os usuários de software livre."

10 de agosto de 2010 - KDE 4.5.0 lançado Focada no "estabilidade, polimento geral e ganho de desempenho".

26 de janeiro de 2011 - KDE SC 4.6.0 lançado Grandes atualizações no espaço de trabalho do Plasma, nos aplicativos e na plataforma KDE

27 de julho de 2011 - KDE 4.7.0 lançado Contendo diversos novos recursos e melhorias no espaço de trabalho do Plasma, nos aplicativos e na plataforma de desenvolvimento do KDE

9th October 2011 - Plasma Active One Arrived First KDE version of cross-device UX.

14th December 2011 - Plasma Active Two Released Second version of cross-Device UX, boosting performance and adding new features.

25th January 2012 - KDE 4.8 Released Gaining adaptive power management, offering faster and more scalable file management, enhancing interoperability and introducing touch-friendly components.

1st August 2012 - KDE 4.9 Released Providing many new features, along with improved stability and performance. Dedicated to the memory of KDE contributor Claire Lotion.

15th October 2012 - Plasma Active 3 Released Improving performance and bringing new applications.

6th February 2013 - KDE 4.10 Released Improving mobile device support, opening up more APIs to Qt Quick and improving performance and usability.

14th August 2013 - KDE 4.11 Released Refined user experience, PIM improvements, better performance.

5th September 2013 - Plasma Active 4 Released Improving overall performance and usability.

18th December 2013 - KDE Applications and Development Platforms Released Bring Huge Step Forward in Personal Information Management and Improvements All Over.

Para mais detalhes sobre a história, incluindo detalhes de todos os lançamentos do KDE 3.x, veja esta página.


This page was last modified on 21 December 2013, at 17:00. This page has been accessed 1,999 times. Content is available under Creative Commons License SA 3.0 and the GNU Free Documentation License 1.2.
KDE® and the K Desktop Environment® logo are registered trademarks of KDE e.V.Legal