Tutoriais/Tecla Compose

Jump to: navigation, search
This page is a translated version of the page Tutorials/ComposeKey and the translation is 65% complete.

Outdated translations are marked like this.
Other languages:
Deutsch • ‎English • ‎català • ‎dansk • ‎português do Brasil • ‎українська • ‎中文(中国大陆)‎

Introdução

The compose key is used to enter characters on the keyboard that are usually not available on the key caps. Such letters could be an "umlaut", a "macron" or accents on letters:

Further information may be found in the Links and Further Information section below.

The modifications will work with (almost) all applications, including the desktop environment, browsers, LibreOffice, as well as many console/text only applications.

As instruções a seguir irão configurar uma tecla compose, que será mapeada para a tecla do logotipo direito (na maioria dos teclados, este logotipo é o do Windows).

Plasma Workspace

System-settings-compose.png

  • Select Input Devices then Keyboard
  • Click the Advanced tab
  • Click the box next to Configure Keyboard Options to enable changing keyboard options
  • Click the Icon-breeze-go-next.png icon next to Position of Compose key
  • Click the box next to the desired key to enable it

Configuração do Console

̣

Note-box-icon.png
Note
This instruction are old and only works in Debian based system. If you know a better way, feel free to edit this wiki page.


Para fazer isto eu estou tentando usar o "modo holístico" inciando com o console:

  • Reconfigure o console para o teclado usado e a codificação de caractere. Para fazer isto em um terminal de texto ou console.
$ sudo dpkg-reconfigure console-setup
  • Siga os passos a seguir na configuração:
    • Selecione seu teclado (aqui teclado US padrão de 104 teclas)
    • Se você deseja a substituição da tecla !AltGr, selecione uma
    • Selecione que tecla você desejaria que fosse a tecla compose a ser mapeada. Use a tecla do logotipo direito.

      Eu preferiria usar a tecla do logotipo esquerdo, mas ela não está disponível na configuração do console. Mas no ambiente gráfico (KDE Plasma) isto é possível.

    • Selecione a codificação do console, definindo-a para UTF-8
    • Selecione que caractere deve estar disponível no console. Eu uso Combined - Latin; Slavic Cyrillic; Hebrew; basic Arabic

      Eu acho que esta seleção deve me fornecer os caracteres que eu quero.

    • Selecione que tipo de saída no console você gostaria (faça o que quiser, é seguro aceitar os padrões atuais)
    • Um novo disco de RAM inicial para a próxima inicialização será criado agora.

Configuração para aplicativos Gtk (Gnome, FireFox, etc.)

Note-box-icon.png
Note
This instruction are probably obsolete. If GTK applications don't work out-of-the-box, please go to the Troubleshooting section.


Aplicativos GTK (como o FireFox) e Gnome usam (em um sistema Ubuntu) normalmente o SCIM como método de entrada, não o XIM (X Input Method) que se baseia na configuração do (X)Compose. Deste modo, você frequentemente descobrirá que os caracteres macron "a" e "o" podem resultar nos ordinais feminino e masculino "ª" e "º". Para fazer isto funcionar, os aplicativos GTK precisam ser "informados" para usar o XIM como método de entrada.

Configuração "Um Off"

Para uma aplicação única você pode fazer isto definindo a variável do ambiente GTK_IM_MODULE para a aplicação ser lançada pelo xim:

$ GTK_IM_MODULE=xim firefox

Para resolver de maneira mais permanente, isto pode ser feito para uma sessão única do console:

$ export GTK_IM_MODULE=xim

Isto pode, é claro, também ser inserido para um usuário único em seu ~/.bash_profile, ou para todos os usuários em /etc/environment. Isto é, no entanto, a maneira menos elegante. A mais elegante é mostrada abaixo.

Configuração persistente

  • Copie o arquivo de configuração /etc/X11/xinit/xinput.d/default para /etc/X11/xinit/xinput.d/xim
$ sudo cp /etc/X11/xinit/xinput.d/default /etc/X11/xinit/xinput.d/xim
  • Edite o arquivo /etc/X11/xinit/xinput.d/xim e defina o método de entrada para o GNOME e o KDE para xim
...
 GTK_IM_MODULE=xim
 QT_IM_MODULE=xim
 ...
  • Crie um link para o local all_ALL (ou somente para o local desejado):
$ sudo ln -sf /etc/X11/xinit/xinput.d/xim /etc/X11/xinit/xinput.d/all_ALL

Se você estiver usando distribuições derivadas do Debian use o seguinte

$ sudo update-alternatives --verbose --install /etc/X11/xinit/xinput.d/all_ALL xinput-all_ALL /etc/X11/xinit/xinput.d/xim 20
  • Após reiniciar o servidor X tudo deve funcionar.

Ajuste opcional do mapa do XCompose

Agora que você está usando o XIM, você pode ajustar o mapa de entrada do XCompose para mais caracteres, ou para caracteres em posições mais convenientes, etc.

Para fazer isto, siga os seguintes passos:

  • Crie um arquivo ~/.XCompose e coloque as seguintes linhas nele:
# ~/.XCompose
 # Este arquivo define sequencias personalizadas do Compose para caracteres Unicode
# Importa regras padrão do arquivo de sistema do Compose: include "/usr/share/X11/locale/en_US.UTF-8/Compose"
# Para colocar algumas coisas nas teclas compostas: <Multi_key> <minus> <greater> : "→" U2192 # Compose - > <Multi_key> <colon> <parenright> : "☺" U263A # Compose : fecha parênteses <Multi_key> <h> <n> <k> : "hugs and kisses" # Compose h n k <Multi_key> <less> < p> : "< p>

" # Compose < p
  • Basta deslogar e logar-se novamente (não é necessário reiniciar) e você pode usar suas "teclas múltiplas" usando a tecla compose como desejar. Como você pode ver isto funciona até para criar longas sequências de caracteres.

Digitando Macrons, Umlauts, Acentos, ...

A tecla compose será agora a que tiver configurado para ser, por exemplo o logotipo direito.

  • Macrons
compose + shift + hífen então <vogal >

ou

compose + sublinhado então <vogal >

āēīōū ĀĒĪŌŪ


  • Umlauts
compose + shift + <aspas simples> então <vogal >

ou

compose + <aspas duplas> então <vogal >

äëïöü ÄËÏÖÜ


  • A letra Ess-Zet alemã
compose então s e s (duas vezes o "s")

ß


  • Mais atalhos podem ser encontrados em /usr/share/X11/locale/en_US.UTF-8/Compose

Troubleshooting

Compose key don't work in GTK applications

Delete in .xinputrc the line with the following content: run_im ibus. Then reboot your computer or logout from your user X session.

More Information


This page was last edited on 8 July 2019, at 08:50. Content is available under Creative Commons License SA 4.0 unless otherwise noted.