Tutoriais/MIDI no Linux

Revision as of 00:29, 16 June 2013 by André Marcelo Alvarenga (Talk | contribs)

(diff) ← Older revision | Latest revision (diff) | Newer revision → (diff)
Jump to: navigation, search
Other languages:
català • ‎dansk • ‎English • ‎español • ‎italiano • ‎português do Brasil • ‎русский • ‎українська
Dialog-information.png
 
Informação
O MIDI é um conjunto de tecnologias relacionado com a descrição e transmissão de dados musicais, sem no entanto ser um formato de áudio digital. Para usar a maioria dos programas de MIDI no Linux, como em qualquer outro sistema operacional, um sintetizador de MIDI é necessário.



Um sintetizador de MIDI converte eventos MIDI em som. O sintetizador pode ser um dispositivo de hardware externo ou estar integrado em uma placa de som. Ele pode também ser um aplicativo de sintetização, isto é, um programa.

Existem arquivos MIDI com a extensão .MID contendo música no formato de dados do MIDI. Podemos explicar isto em termos culinários. Ouvir uma música em um CD é semelhante a comer em um restaurante e o MP3 seria comparável a um fast food. Dito isto, um arquivo MIDI é como uma receita: você tem que obter os ingredientes apropriados e usar os utensílios de cozinha. Ao invés do forno, potes e panelas você usará sintetizadores MIDI. Como qualquer bom geek e usuário Linux, você desejará mudar a receita e os ingredientes. Então faça isto! No KMid você pode abrir a janela de "canais" e alternar do piano para uma guitarra se desejar.

Sintetizadores MIDI externos

Existem instrumentos musicais que podem ser conectados ao computador ou a outros instrumentos através de cabos MIDI. Para fazer isto, seu computador deve possuir uma interface MIDI. Existem placas de som com interfaces MIDI e também adaptadores USB suportados pelo ALSA com o módulo do kernel correspondente. Existem até mesmo instrumentos MIDI que podem ser conectados diretamente ao seu computador via USB. Em qualquer caso, você deve verificar se o modelo de interface do MIDI é suportado pelo ALSA na página principal do projeto ALSA.

Em resumo, isto irá exibir:

  • Uma interface MIDI
  • Driver ALSA para a interface MIDI
  • Cabos MIDI

Placas de som com sintetizador por hardware

Algumas placas de som, como as fabricadas pela Creative Labs (SB AWE, Sound Blaster Live! e Audigy) possuem um sintetizador de MIDI que usa tabelas com amostras de som como métodos de sintetização. Estas amostras são carregadas na placa de som antes de se usar o programa de MIDI, preferencialmente na inicialização do sistema. Se você possuir uma destas placas:

  • Além do ALSA, instale o pacote de programa awesfx que inclui um carregador de amostras de som, scripts do ALSA e regras do udev para carregar automaticamente na inicialização do sistema.
  • Instale os arquivos SoundFont fornecidos pelo fabricante ou outros arquivos SF2 alternativos em /usr/share/sounds/sf2.
  • Edite o arquivo de configuração /etc/sysconfig/sound. No valor para a chave SOUNDFONT_FILES, forneça o nome de um dos diversos arquivos SF2 para que ele seja carregada na inicialização do sistema. Os nomes e localizações dos arquivos podem variar de uma distribuição para outra, sendo que estas instruções se aplicam ao openSUSE.

Os arquivos SoundFont podem também ser carregados manualmente. Leia o manual do asfxload para mais informações.

Programas sintetizadores

O programa de sintetização de som clássico para o Linux é o TiMidity++, mas sua última versão foi lançada em 2004. Ele requer amostras de som no formato GUS ou SF2. Ele pode ser usado independentemente como um reprodutor, mas se você deseja usá-lo em conjunção com outros programas de sequenciamento ALSA compatíveis, você deve fornecer a opção "-iA", por exemplo:

timidity -iA

Outro programa sintetizador, com um desenho moderno e modular e manutenção ativa é o FluidSynth. Ele usa amostra de sons no formato SF2, e possui uma interface gráfica amigável chamada QSynth. Você pode executá-lo a partir da linha de comando, por exemplo:

fluidsynth -a alsa /usr/share/sound/sf2/soundfont.sf2

ou:

fluidsynth -a pulseaudio /usr/share/sound/sf2/soundfont.sf2

A configuração gráfica do QSynth é bem simples. Veja as imagens de exemplo a seguir.

Arquivos SoundFont

Estes arquivos representam o peixe, a carne e os vegetais na sua receita MIDI. Aqui vão algumas recomendações.


This page was last modified on 16 June 2013, at 00:29. Content is available under Creative Commons License SA 4.0 unless otherwise noted.