Glossary/pt

Jump to: navigation, search
This page is a translated version of the page Glossary and the translation is 81% complete.

Other languages:
català • ‎čeština • ‎dansk • ‎Deutsch • ‎Ελληνικά • ‎English • ‎español • ‎فارسی • ‎suomi • ‎français • ‎Bahasa Indonesia • ‎italiano • ‎日本語 • ‎Lëtzebuergesch • ‎Nederlands • ‎português • ‎português do Brasil • ‎русский • ‎svenska • ‎українська • ‎中文(中国大陆)‎ • ‎中文(台灣)‎

O objectivo desta página é proporcionar uma referência de carácter não técnico e ligações para mais informação ou alguma demonstração.

Uma visão geral

Um guia visual de KDE 4.0 e um vídeo de KDE 4.1 dar-lhe-ão uma excelente visão de KDE Software Compilation 4 nos primeiros dias.

O seguinte glossário destina-se a ajudá-lo a encontrar o caminho entre a névoa de novos nomes e conceitos. Em alguns casos podes encontrar uma ligação de um componente de KDE 3 ao seu equivalente no contexto de KDE SC 4.

Actividades

Actividades são conjuntos de elementos gráficos de Plasma que têm o seu próprio fundo de ecrã. Um pouco como Desktops Virtuais, mas não exactamente.
Por exemplo, tem uma "Actividade de trabalho" com leitores de rss, uma nota com a lista de coisas para fazer, uma "Vista de Pasta" com os arquivos relacionados com o seu trabalho e um fundo de ecrã subtil.
Ao lado, tem a sua "Actividade de tempo livre", com pré-visualização das fotos da família e cães, leitores de rss dos seus blogs favoritos, uma Vista de Pasta que mostra a sua colecção de filmes, uma mini-aplicação para Twitter e claro, aquele fundo de ecrã dos Iron Maiden que adora desde o início dos anos 80.
Às 17 horas em ponto muda da sua "Actividade de trabalho" para a sua "Actividade de tempo livre".

Mais informação:
Criar Actividades

Akonadi

O mecanismo de acesso aos dados armazenados para PIM (Gestor de informação pessoal) em KDE SC 4. Um único sistema de armazenamento e recuperação, bem mais eficiente e extensível que em KDE 3, onde cada componente PIM tinha o seu próprio sistema. Note que o uso de Akonadi não muda o formato de armazenamento dos dados (vcard, iCalendar, mbox, maildir, etc.) - simplesmente proporciona uma nova maneira de aceder e actualizar os dados.
As principais razões para desenhar e desenvolver Akonadi são de carácter técnico, como por exemplo ter uma maneira única de aceder aos dados PIM (contactos, calendários, e-mails, etc) a partir de diferentes aplicações (kmail, kword, etc), eliminando assim a necessidade de escrever código similar aqui e ali.

Outro dos objectivos é impedir que aplicações com interface gráfica como kmail tenham acesso directo a recursos externos como servidores de correio electrónico - isto era uma das razões principais dos relatórios de falhas no que diz respeito ao desempenho/capacidade de resposta, no passado .

Mais informação:
Akonadi para o gestor de informação pessoal de KDE
Wikipedia - Akonadi
Techbase - Akonadi

aRts

A infraestrutura de som de KDE 2 e 3. A sua natureza mono-tarefa causava problemas quando se encontravam duas fontes de som. No ambiente de trabalho Plasma tem sido substituído por Phonon
Mais informação:
Wikipedia - aRts
aRts Home Page

Contentor

Um contentor é um agrupamento de elementos gráficos de topo. Cada Contentor gere o desenho e os dados de configuração de seu conjunto de elementos gráficos independentemente dos restantes Contentores.
O resultado é que pode agrupar elementos gráficos num Contentor de acordo com a importância para a sua forma de trabalhar, em vez de os agrupar por directórios.

D-Bus

Um sistema de comunicação entre serviços. Desenvolvido por RedHat, foi fortemente influenciado pelo sistema DCOP de KDE3, tomando agora o seu lugar.

Mais informação:
FreeDesktop.org: O que é D-Bus?
Wikipedia: D-Bus

Dolphin

É o gestor de arquivos padrão em KDE SC 4. Tem um painel lateral (Locais), mas a navegação faz-se principalmente pelo fio condutor sobre a janela principal. Podem-se dividir as janelas, bem como aplicar diferentes vistas a janelas individuais. A montagem e desmontagem de dispositivos USB pode ser feita no painel lateral. Pode acrescentar outros directórios ao painel Locais. Também é possível uma vista de árvore.
Mais informação:
Wikipedia - Dolphin (software)
Road to KDE 4: Dolphin and Konqueror
Ars Technica: A First Look at Dolphin
Youtube - KDE 4 rev 680445 - Dolphin
Blog Introducing KDE 4 - Dolphin
Tutorial de gestão de ficheiros de UserBase

Extender

Os Extenders são um tipo especial de pop-up que podem surgir de um painel Plasma por exemplo. Os Extenders têm partes destacáveis e são um conceito novo que chegou a Plasma de KDE 4.2. As notificações já utilizam este sistema. Isto permite, por exemplo, que um utilizador arraste uma notificação de uma descarga ou de um processo de cópia para o seu ecrã de trabalho e o siga aí. O mesmo se pode fazer com outros tipos de notificações.
Mais informação:
Capturas de ecrã de Mockup
Os Elementos de Plasma

*Flake

Flake é uma livraria de programação que se usa em KOffice2. Funcionalmente, proporciona Formas para mostrar conteúdos e Ferramentas para manipular conteúdos. As Formas podem ser ampliadas ou rodadas e podem ser agrupadas para trabalhar como uma Forma única, em redor da qual o fluxo de texto é possível.

Mais informação:
KOffice Wiki - Flake

Get Hot New Stuff

Get Hot New Stuff (GHNS ou Conseguir Coisas Inovadoras) facilita o download e instalação de várias extensões para as suas aplicações. A nossa implementação de GHNS é utilizada por Plasma (por exemplo para obter novos temas para o escritório), e por muitas outras aplicações e elementos.
Mais informação:
O website de GHNS
Um artigo sobre GHNS em KDE SC 4

Pasta pessoal

É o local onde ficam os seus ficheiros. Pode guardá-los fora desta pasta, mas todas as aplicações estão configuradas para guardar ali. É mais simples guardar aqui.
Mais info:
Wikipedia - Pasta Pessoal

KControl

Centro de Controlo de KDE, para configurar as preferências gerais em KDE 3. Substituído pela interface Configuração do Sistema em KDE SC 4.

KDOM

É um módulo de KPart que permite que as capacidades de processamento DOM (Document Object Model) de KHTML estejam disponíveis para todas as aplicações. KSVG2 baseia-se em KDOM em KDE SC 4.

KHTML

KHTML é o motor de renderização HTML do escritório Plasma de KDE, usado pelo navegador Konqueror. Também proporciona um KPart que permite a todas as aplicações de KDE mostrar conteúdo web. Uma nova introdução, Qt WebKit, também está disponível para Plasma e outras aplicações.

Kicker

Em KDE 3, a barra móvel, que normalmente está na parte inferior do ecrã (por vezes chamada Painel), na qual se localizam os lançadores de aplicações, o Paginador e os botões para executar aplicações. Visite Painel

Kickoff

Em KDE SC 4 (e nas últimas versões de KDE 3), um menu lançador de aplicações no qual estas estão ordenadas por funções. "Favoritos" substitui "Aplicações mais utilizadas" do menu Clássico, e pode acrescentar aplicações aí. Um clique com o botão direito também oferece a possibilidade de acrescentar aplicações ao escritório ou a um painel. O acesso rápido a uma aplicação menos utilizada é possível graças à caixa de procura. Está-se a trabalhar noutros menus, já que em KDE SC 4 pode se utilizar mais do que um lançador de aplicações, se for preciso.
Mais informação:
Pré-visualização de Kickoff
Design documentation

KJS

O motor JavaScript de KDE.

KInfoCenter

KInfoCenter surgiu como parte de KControl, separando-se dele em KDE 3.1. Em KDE SC 4, até à versão 4.4 é substituído por módulos configurados em Configuração do Sistema, especialmente Solid, e será reintroduzida como uma aplicação em KDE SC 4.5.

Mais Informação:
Wikipedia - KInfoCenter

KIO

Sistema de Saída/Entrada de KDE que proporciona uma única API para operar com arquivos, tanto locais como em um servidor remoto. Além disso, os KIO Slaves permitem a utilização de protocolos individuais. Alguns particularmente úteis são http, *ftp, sftp, smb, nfs, ssh (fish), man, tar e zip.

Mais informação:
[1]
Linux.com - Master the KIO slaves
Breaking the Network Barrier

Kiosk

Kiosk é um sistema para limitar as capacidades dos utentes num sistema KDE, ideal para usar em lugares como Ciber-cafés. Está presente em KDE 3 e KDE 4, mas a ferramenta de administração, Kiosktool, só está disponível para KDE 3. Pode ser utilizada para configurar as aplicações de KDE 4, ainda que se possa configurar kiosk mediante a edição manual dos arquivos de configuração.

KPart

Um KPart é um componente individual do escritório Plasma de KDE que permite que as aplicações compartilhem os seus serviços com outras aplicações. KParts permite que KMail e KOrganizer se integrem (como plugins) na suite Kontact, ou que KHTML mostre websites em Akregator.

Kross

Kross é um sistema para a escritura de scripts (ou guiões), que pode trabalhar com múltiplas linguagens de scripting. Um sistema de plugins permitirá o uso de mais linguagens no futuro.

*KRunner

A mini-linha de comando a que se pode aceder a partir do menu clássico, do atalho Alt+F2, ou com um clique com o botão direito no escritório. Em KDE SC 4 um nome parcial mostrará todas as coincidências possíveis.
Mais informação:
Youtube - KDE SC 4.1 KRunner

KSVG

KSVG permite a utilização de gráficos vectoriais escaláveis em um navegador KHTML. KSVG2 leva esta função a KDE SC 4.

KWin

KWin é o gestor de janelas. Aqui é onde pode mudar a decoração das janelas e os temas das mesmas. KDE SC 4 amplia as funções de KWin implementando efeitos de composição 3D no escritório.

Mais informação:
Road to KDE 4: KWin Composite
Vídeo sobre os efeitos de desktop de KDE SC 4
Youtube - KDE SC 4.0 KWin Composite Showcast
Youtube - KWin compositing config & intro

Mini-CLI

Veja KRunner

Nepomuk

"Networked Environment for Personalized, Ontology-based Management of Unified Knowledge", Nepomuk tem como objectivo eliminar as barreiras artificiais entre a informação para permitir uma classificação, organização e apresentação dinâmicas dos dados ao utilizador. Seja descarregada de Internet, recebida por e-mail ou escrita numa nota, a informação pode ser procurada de forma global e etiquetada com dados inteligentes. Veja O escritório semântico (em inglês) para obter mais informação sobre este conceito.

Mais informação:
Wikipedia - Semantic Desktop
Wikipedia - NEPOMUK Framework
Website de NEPOMUK
NEPOMUK KDE
Página de Nepomuk em UserBase

Oxygen

Oxygen é o tema padrão de KDE SC 4. Desenhado para dar "um sopro de ar fresco" ao escritório mediante a eliminação dos ícones simplistas e caricatos, substituindo-os por um tema limpo e com ícones foto-realistas. Oxygen utiliza uma paleta de cores leves para evitar que os ícones se convertam numa distracção, e utiliza detalhados gráficos escaláveis (*SVG).
More info:
Wikipedia - Projecto Oxygen
Oxygen Icons

Paginador

Um paginador é um pequeno programa ou mini-aplicação para um painel que mostra as posições das janelas no seu desktop e normalmente, se tiver vários Desktops virtuais, oferece uma visão geral de todos.

Painel

Visita Kicker. Em KDE SC 4 deixou-se de usar o nome "kicker", e a norma é utilizar o nome "painel". As "mini-aplicações" são substituídas por Elementos gráficos.

More info:

Panels

Phonon

  1. Um API multimédia multiplataforma, que interactua com as infraestruturas existentes tais como os motores gstreamer e xine. KDE 2 e 3 dependiam de aRts para o som. Phonon substitui-o.

Mais informação:
Wikipedia - Phonon (KDE)
Website de Phonon

Plasma

Em KDE SC 4 o desktop Plasma substitui a KDesktop, kicker e o motor de elementos gráficos superkaramba. As mini-aplicações chamam-se Plasmoides, e vão desde elementos internacionais até uma calculadora ou um dicionário. Também se podem utilizar elementos gráficos de outras fontes como SuperKaramba ou Google Gadgets.

Mais informação:
[2]
Website de Plasma
FAQ sobre Plasma
Youtube - Plasma Applets Galore (Part 1)
Liquidat's Blog

*Qt

(Pronunciado "*cute") Um conjunto de ferramentas para escrever aplicações multiplataforma. É usado por muitas aplicações multiplataforma tais como o navegador Opera, GoogleEarth e Skype. Qt é desenvolvido por Trolltech, que agora é parte da companhia Nokia. Qt são as bibliotecas sobre as quais está construído o software de KDE.
Mais informação:
[3]
Qt Demo Videos

Solid

Solid proporciona uma única API para a gestão de hardware. O hardware agrupa-se em domínios". Os domínios iniciais referem-se a HAL, NetworkManager e os adaptadores Bluetooth. Uma vez que os motores de Solid são conectáveis, Solid ajuda a que os programadores de aplicações escrevam menos código, e seja multiplataforma.
Mais Informação:
Discover Solid
Solid Brings Hardware Configuration and Control to the KDE platform

Soprano

Soprano é um sub-projecto de Nepomuk, que proporciona um repositório de informação recolhida, como por exemplo etiquetas, valorações, etc. Faz com que esta informação esteja disponível para Strigi

More info:

More about Nepomuk-KDE: Soprano and KDE platform integration

Strigi

Um sistema de busca indexada, Strigi pretende ser rápido e ligeiro. Utiliza o hash SHA-1 para ajudar a identificar ficheeiros duplicados.
Mais informação:
Strigi - the fastest and smallest desktop searching program
Wikipedia - Strigi

Configurações do Sistema

O substituto de KControl em KDE SC 4 que permite configurar os diferentes módulos da plataforma KDE.

Mais informação:
KDE SC 4 System Settings illustrated

Threadweaver

Esta biblioteca de programação de processos reparte o trabalho em processadores multi-núcleo quando disponíveis, ordenando-os por grau de prioridade antes de executá-los. ThreadWeaver proporciona uma interface de trabalho de alto nível para a programação multi-processo.


More info:

Why Multithreading? (Technical article)

Escritórios Virtuais

Um conceito popular dos gestores de janelas de Unix é o uso de escritórios virtuais. Isto significa que tem não um, mas vários ecrãs para pôr as suas janelas. Quando muda para um escritório diferente (normalmente com um paginador) só verá as janelas que abriu nesse novo escritório ou que moveu para lá. Uma janela também se pode definir como "pegajosa" aparecendo em todos os escritórios virtuais.

WebKit

Um motor de renderização HTML, que se originou a partir de uma bifurcación de KHTML. Foi adoptado por Apple e desenvolvido para Safari. Webkit regressa a KDE SC 4 com toda a sua funcionalidade, estando disponível através de Qt.
Mais informação:
Página inicial de Webkit
Wikipedia - Webkit

Widget ou Elementos Gráficos

Em termos de software, um elemento gráfico é um componente independente. Também conhecido por "mini-aplicação" ou "gadget". Superkaramba Themes, Apple's Dasshboard, Google Gadgets, Yahoo Widgets, Vista Sidebar Widgets, Opera Widgets são exemplos de outros sistemas parecidos (alguns dos quais também funcionam em Plasma).

X-Server

O X-Server ou servidor X representa uma camada básica sobre a qual são construídas muitas interfaces gráficas como o escritorio Plasma de KDE. Gere as entradas básicas do rato e do teclado (tanto da equipa local como de máquinas remotas) e proporciona rotinas gráficas elementares para desenhar rectângulos e outras formas primitivas.

XMLGUI

Uma infraestrutura para programadores que desenham interfaces de utilizador. É amplamente usado por KParts
Mais informação:
Wikipedia - XMLGUI
Wikipedia - Qt Style Sheets

ZUI

"Zooming User Interface" ou "Interface de ampliação". "Ao reduzir o zoom, os utilizadores podem obter uma visão geral de todos os agrupamentos de objectos que tenham feito. Estes agrupamentos podem reflectir os projectos nos quais estejam a trabalhar, podem ser diferentes formas de manter conjuntos de arquivos organizados, etc. Pondo o rato em cima ou clicando em um desses grupos quando têm o zoom reduzido, os utentes vêem uma vista preliminar do que há no agrupamento, e podem aumentar o zoom desse grupo, de forma a que ocupe o ecrã todo." aseigo.
Mais informação:
Youtube ZUI demo



This page was last modified on 22 December 2012, at 13:00. Content is available under Creative Commons License SA 4.0 unless otherwise noted.